Sagitário

Previsão Diária


Maya

XVIII A LUA

Mostre-se apaixonado mas com os pés em terra .A sua criatividade está apurada, vai encontrar o caminho para chegar às melhores soluções.

Paulo Cardoso

Os relacionamentos em geral tendem a ganhar maior intensidade. O seu lado apaixonado, afetuoso, e mesmo erótico, poderá ganhar especial relevância.

Maria Helena Martins

Carta do Dia: 4 de Paus, que significa Ocasião Inesperada, Amizade.

Amor: Pode reencontrar um familiar. Juntos recordarão bons momentos.

Saúde: Para atenuar as olheiras reforce o consumo soja.

Dinheiro: Não dê ouvidos a terceiros. Confie mais em si.

Números da Sorte: 4, 7, 19, 21, 26, 47

Vera Xavier

2 de Copas

Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade, mas se pensarmos bem, existem sempre razões para agradecermos ao Pai/Mãe/Universo nem que sejam pequenos e simples acontecimentos. As boas amizades, a nossa saúde, a nossa família, o simples facto de podermos aproveitar um dia de sol, pode ser o suficiente para nos deixar felizes. A escolha é sempre sua!
Esta é também uma carta muito ligada aos assuntos do coração, por isso esteja atento/a pois este 2 de Copas poderá estar a anunciar a consolidação de uma relação ou quem sabe, poderá algo novo no horizonte.

***

Atualizado em 7/31/2019 7:03:53 AM

Curiosidade

As suas predisposições patológicas são semelhantes às do homem do signo; fígado frágil, vesícula biliar nervosa, frequentes reacções alérgicas, sempre ligadas a emoções, a contrariedades, a cóleras reprimidas ou a decepções. Tem a sorte, sobretudo na juventude, de gostar do seu corpo, de o aceitar sem problemas; aliás, sabe servir-se dele, dança com um instinto seguro e um sentido inato do ritmo, com graça e uma forma de "sensualidade para ela própria", pelo prazer de sentir a música e o movimento. Mas deve preocupar-se com a linha porque tende facilmente para o tipo "Juno"; bem constituída, é certo, mas também com bastante carne. O desporto e o exercício físico assim como um regime alimentar pouco apertado podem, por si sós, evitar-lhe a celulite, o seu inimigo nº 1. E como costuma consolar-se, quando a vida lhe corre mal, petiscando gulodices ricas em calorias, que adora, vemos que a luta é renhida... Por desgraça, as emoções aguçam-lhe o apetite em vez de lhe tirarem a fome! Tem um humor instável, tal como o nativo; é, mais ainda que ele, atreita a depressões que se sucedem a estados de euforia. Por vezes "explode" em cóleras bruscas, grita e entrega-se a manifestações "histéricas". Existe em todos os Sagitários - homens e mulheres - "um Júpiter trovejante" armado com o seu raio, pois não é em vão que Júpiter domina o signo... Também ela necessita de uma vida sã, calma sem situações confusas e sobretudo dum equilíbrio físico e moral que consegue graças a um mínimo de actividade física, dum número regular de horas de sono e duma alimentação sempre controlada. Com um excesso de vez em quando para satisfazer a gulodice e alimentar a sua alegria de viver. À semelhança do homem Sagitário, evitará todos os alimentos demasiado gordos e pesados, a pastelaria, a torta de amêndoa - que faz perder a cabeça - o pão, as massas, tudo o que engorda muito. Poderá, em compensação, comer carnes grelhadas, saladas - não muitas - legumes verdes (atenção às azedas e aos espinafres, muito ricos em ácido exáltico), tomates, melão, beterrabas, etc., assim como crustáceos e aves no espeto. Para a digestão, à noite, em vez dum copo de álcool deverá tomar uma infusão de tomilho, de alecrim ou de mentol. Se não tiver coragem para fazer ginástica, deverá optar pela dança moderna, pela equitação ou pela natação.

Como Irritá-los

  • Da-lhes bastante responsabilidades.
  • Poe realismo na sua filosofia.
  • Nunca te rias das piadas deles.
  • Nao entres em nenhuma aventura ou quebra de rotina e fica sempre de mau-humor.
  • Quando surgir AQUELA aventura, diz, com ar entediado: "Nao estou com vontade..."
  • Nao aceites nenhum tipo de disputa ou jogo.
  • Repete sempre - "Isto sao horas?"
  • Faz todos os possiveis para impedir aquela viagem de ferias dele(a).
  • Faz insinuacoes sobre a pouca cultura dos pais dele(a) ou de outros familiares.